Hábitos



Eu tenho muitos hábitos. Alguns saudáveis outros nem tanto. Uns estão na lista para serem transformados há muito tempo, mais tempo do que eu gostaria. Outros são cuidados como relíquias pois me reconectam com o contexto de sacralidade de minha vida.


Ao longo do dia, vários deles são colocados em ação: produtivos, improdutivos, focados em prazeres imediatos, preguiçosos, divertidos, elevados. Alguns são executados com muita consciência, outros ainda continuam no piloto automático.

Um dos hábitos que cultivo anualmente é dedicar um longo tempo para repassar a história da minha vida. Sem muitas regras... apenas deixar a mente livre para trazer o que é relevante para este momento. Observar o fio que costurou os eventos para que eu estivesse aqui , agora e desta maneira. Os amigos que estão presentes e os que estão ausentes, minhas atividades, como estou, os aprendizados, o que poderia ser mudado daqui para frente.


O último dia 10 coloquei este hábito em prática. Dia de agradecer por mais um ano de existência. De agradecer minha mãe e meu pai que me deram a vida. Meus avós, minha família. Aos amigos, aos parceiros de caminhada. Agradecer as dores, as alegrias, as aventuras, as experiências. Reconhecer o que precisa partir e agradecer o tempo que esteve presente. Agradecer os recomeços e as renovações.


E, falando em renovação, este é um dos canais que se renovou. Quando comecei a escrever o blog em 2013, ele estava repleto de ansiedades e expectativas. Apesar dos textos terem algum tema particular, o foco era em quem iria ler. “Alguém vai gostar?”, “Será bem aceito?”.


Agora, a intenção dele, é exercitar a escrita á partir de dentro. Claro que o que vem de fora como sugestões, interações, críticas, questionamentos, será sempre bem vindo mas que pensar sobre isto seja uma pós-ocupação. Já o convite para reflexão e/ou experimentação será mantido afinal adoro uma “provoca-ação” construtiva rsrsrs...


E, na reinauguração, ao contrário de um, seguem alguns convites:

  • Existe algum hábito que você gosta de cultivar? E qual hábito que você gostaria de abrir mão?

  • Que tal relembrar os eventos que fizeram você chegar onde está hoje?

  • O que você gostaria de fazer ou não fazer sem se pré-ocupar com o julgamento externo?


Com Amor, Por amor, Com Sentido


#Hábitos #RaquelAmaral #Amor #Produtivo #Sentidos

  Receba as novidades!  

Posts - Em Destaque
Posts - Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga-nos:
  • Facebook Basic Square

Raquel Amaral - Contribuindo para uma vida com plenitude e sentido

Copyright © 2017  - Raquel Amaral - Todos os direitos reservados. Criado por Ale Velini.

É permitida a reprodução de conteúdos deste site desde que seja citada a fonte e a autora.